Mais fotos...

Criada em um ambiente familiar artístico eminente, Lynn já nasceu com a vontade de criar. E foi por conta dos desenhos com pegada anos 70 meio lisérgicos, que um amigo de infância e grafiteiro sugeriu que ela passasse os traços do papel para os muros da cidade.

 

Faz o tipo que não pára e tá sempre curiosa, inventando moda… “Curto ir à expo e levar câmera e microfone pra entrevistar as pessoas, filmar o público, ouvir opiniões sobre arte…”

 

Nos grafites indoor, Lynn vem aprimorando a técnica e hoje usa a tinta spray para dar cor à pintura. Para deixar o outline mais sutil e delicado, usa canetas Posca nos contornos. “Venho tentando deixar a pintura mais delicada, menos agressiva, bem feminina.”

 

Lynn Court